Menu

Projeto Futuro Cientista

Prefeitura firma parceria com USFCAR para atender alunos do ensino fundamental II  

O Projeto Futuro Cientista propõe o desenvolvimento, por meio de pesquisa em grupo, experimentação, estímulo à dúvida, busca por respostas e raciocínio crítico dos alunos

IMG_6233

Reunião realizada esta manhã para formalização do PFC da Ufscar.

Por Departamento de Comunicação
comunicacao@aracoiaba.sp.gov.br

Na manhã desta sexta-feira (01), o prefeito Dirlei Salas Ortega assinou o acordo de cooperação junto a Ufscar (Universidade Federal de São Carlos), para realização do Projeto Futuro Cientista (PFC), Extensão do  Núcleo de Desenvolvimento Científico da Universidade. A parceria foi firmada pela Prefeitura por meio da Secretaria de Educação.

O Programa Futuro Cientista é uma Tecnologia Social pioneira certificada pela Fundação Banco do Brasil, criada em 2010 pela Universidade Federal de são Carlos, com a missão principal de “adotar” jovens talentos de escolas públicas oferecendo um eficiente e abrangente plano de vida, proporcionando uma oportunidade única de ingressar na Universidade e tornar-se um cientista ou empreendedor.

O PFC é o primeiro programa da América Latina destinado unicamente à formação de futuros cientistas, fornecendo todos os subsídios necessários para o aluno ingressar em uma Universidade Pública e iniciar sua carreira acadêmica.

De acordo com a Secretária de Educação, Ione Maria Florenzano Gimenes cerca de 20 alunos das Escolas de Ensino Fundamental II vão participar do PFC. “Os alunos voltam à escola no contra turno para fazer trabalhos e ter aulas especiais com professores da UFSCAR para criar o raciocínio investigativo por meio da metodologia de trabalho cientifico,  ampliando, inclusive,  a perspectiva de ingresso em universidade pública”, comentou a secretária.

 

Formação científica

Durante o ano, diversas ações são realizadas para a formação científica dos estudantes, como: Concurso de Redação, Maratona do Conhecimento e Concurso de Curtas-metragens. As escolas se transformam em espaços interativos por meio da criação de Clubes de Ciências, grupos de alunos para estudos, experimentos e realização de projetos científicos.

Há também dois eventos anuais, com participação obrigatória dos alunos conveniados: a Escola Preparatória para Futuros Cientistas, onde participam de palestras, oficinas, minicursos e desafios; e o Encontro Regional de Futuros Cientistas, ação no final do ano que funciona como uma Feira de Ciências, contando com apresentações e premiações dos projetos e concursos.

Todas atividades são supervisionadas por profissionais do PFC sob a perspectiva dos modelos construtivistas e princípios de redes neurais. A aprendizagem científica é estimulada por meio da descoberta (observação e experiência) e criação (criatividade e imaginação), na multidisciplinaridade e interação entre os alunos.

O PFC propõe que os jovens participem ativamente do próprio desenvolvimento, por meio de pesquisa em grupo, experimentação, estímulo à dúvida,busca por respostas e raciocínio crítico. O erro é encarado como parte importante desse processo, que serve de trampolim para a aprendizagem.

Compartilhe