Menu

Nosso Produtor: Oswaldo e Shirley

Conheça a história do casal que trabalha com a produção de Pitaias em Araçoiaba da Serra

6eeba02d-5c10-4eeb-a3b1-099c8ff82f3f

Por Departamento de Comunicação
comunicacao@aracoiaba.sp.gov.br

Produtores: Oswaldo Nunes Júnior e Shirley Santana Nunes

Produtos: Pitaias orgânicas

Localização: Sitio do Bocão

O casal Oswaldo e Shirley, caiçaras da Baixada Santista, após cumprir a missão de criar os filhos Iuly e Kadu, saíram da cidade de Cubatão onde moraram por mais de 40 anos, em busca de um lugar tranquilo para viver. Chegaram a residir por um tempo em Sorocaba, mas foi em Araçoiaba da Serra que encontraram aquilo que tanto procuravam. Se apaixonaram pela cidade, pela vida no interior e pelo que terra pode gerar.

Em 2015 compraram um sítio de um alqueire localizado no bairro Farias e o batizaram de “Sítio do Bocão”, emIMG_2295 homenagem ao pai da Shirley que tinha esse apelido e havia falecido recentemente. Como o sítio estava abandonado há 12 anos, o casal precisou colocar a mão na massa para transformar o lugar. “O mato estava na altura do telhado. Entrei com o trator e arranquei tudo, mas eu tinha aquela visão que o urbano tem, de que a chácara tem que ser com grama e o caule das árvores pintadas de cal. Joguei cinco mil metros de grama aqui e ficou um espação lá do outro lado. Então, surgiu a ideia de plantar alguma coisa”, conta Oswaldo.

O marido então começou a estudar o que poderia plantar naquela nova terra. “Me interessei pelo mamão papaia, mas achei difícil de lidar, pois pega muitas doenças. Depois conheci o louro, me encantei e quase cheguei a plantar. Mas nesse caminho de procura, há uns três anos atrás, foi que finalmente conheci a pitaia. Vi o fruto no mercado e fui pesquisar na internet pra ver o que era”.

A pitaia é uma fruta originária do México, tendo também em alguns outros países da América Central e está cada vez mais presente nas dietas, pois concentra poucas calorias e apesar de doce, não é um alimento rico em açúcar. Além de lindas, as pitaias são saborosas, saudáveis e fortalecem o sistema imunológico. Servem também como matéria prima para diversas receitas como iogurtes, sorvetes, geléias e até mesmo como acompanhamento da salada.

d814c364-83c6-433d-be93-3a9ffc80bf88Ao pesquisarem mais sobre as pitaias, o casal conheceu uma agrônoma especialista no assunto “Conheci a Professora Doutora Ana Cláudia Costa da Universidade Federal de Lavras (UFLA), que estudou a fruta por 11 anos. Ao ler os trabalhos dela, fiquei com algumas dúvidas e mandei um e-mail pra ela. Meia hora depois ela me respondeu e já sanou as minhas dúvidas. A gente continuou conversando e hoje ela é o nosso guru sobre o assunto”, brinca Oswaldo.

Conseguiram as primeiras mudas com uma moradora do bairro Jundiaquara e aos poucos o casal começou a plantar, com planos de vir a comercializar a planta e os produtos derivados dela. Começaram a fazer geléias para a família, para os vizinhos e não demorou para que as pessoas começassem a procurar. Já faz um ano e meio que estão produzindo e atendendo os clientes que vão até o sítio comprar os produtos, e também trabalham revendendo para parceiros daqui e de outras cidades como Sorocaba. “Hoje estamos com 1350 pés de pitaias. Temos três pés por mourão, em um sistema de irrigação por gotejamento que dá dois litros por hora, sendo bem mais econômico. A pitaia é uma planta fácil de lidar. Ela começa a florescer agora em outubro e lá por dezembro, nós já temos frutos e permanece produzindo até maio mais ou menos. No resto do ano vendemos os derivados da fruta, além de outros produtos que temos”, explica o marido.

Shirley conta que polpas vendidas duram até 12 meses no freezer preservando as suas qualidades. “Vendemos as polpas em pedaços 100% orgânicos. Como a pitaia é uma planta vigorosa, ela precisa de bastante alimento e aqui só usamos adubos orgânicos. Trabalhamos com três espécies diferentes de pitaias, que são perfeitas para sucos e drinks”, afirma.

Os produtos que o casal oferece no Sítio do Bocão são: Pitaia; polpa de pitaia; muda de pitaia em vaso; conservas de: 67117153_2505206822871931_5337915742085971968_ncebola, cenoura e pepino; geléias de frutas da época como: pitaia, amora, jabuticaba, goiaba, laranja com pimenta, morango, abacaxi; licor de pitaia; mel; cachaças de: cambuci, carqueja, whiski caiçara; E ainda Parte superior do formulárioaceitam encomendas de carne de jaca (congelada e pré cozida), que é a fibra da fruta verde e cozida, e possui a textura parecida com a carne de frango com fácil absorção dos temperos, podendo ser utilizadas em diversas preparações como moqueca, escondidinho, empadão, pastel, salpicão, estrogonofe e até coxinha.

Além desses diversos produtos o Sítio do Bocão oferece o serviço “Café com prosa”, onde os interessados podem agendar para se reunir em grupo, para aproveitar uma boa conversa e saborear esses deliciosos produtos. O Sitio do Bocão é localizado na rodovia Vereador João Antonio Nunes km 123, nº 25. Faça uma visita, o casal Oswaldo e Shirley esperam por você! Mais informações pelos telefones (15) 99725-0090 / (15) 99755-0033.

Compartilhe